ABRIL VERDE: 9 AÇÕES PARA ABORDAR ESSE TEMA NA EMPRESA

Abril Verde é uma campanha de conscientização de Saúde e Segurança do Trabalho. A campanha busca reforçar os cuidados permanentes relacionados à prevenção de acidentes e doenças ocupacionais. O mês de abril foi escolhido em homenagem à memória de 78 mineiros vítimas de um acidente de trabalho em 28 de abril de 1969, em Farmington, West Virginia (EUA).

 

 

No dia 28 de abril de 1969, em uma mina na cidadezinha de Farmington, West Virginia, nos Estados Unidos, uma explosão matou 78 mineiros. No ano de 2003, a Organização Internacional do Trabalho adotou aquela data como o dia oficial da segurança do trabalho, sendo seguida por vários países.

 

No Brasil, foi instituído, pela Lei No 11.121/2005, o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho, a ser celebrado no dia 28 de abril de cada ano. Assim, o mês de abril, com a cor verde da segurança do trabalho, dispõe agora do Abril Verde, uma campanha para se pensar em segurança.

 

Continue a leitura e conheça 9 ações para abordar e reforçar a importância desse tema em sua empresa.

 

1. Decore a empresa com a cor verde

 

A forma mais simples e tradicional de participar das campanhas que adotam um mês e uma cor é decorando a empresa com o tom correspondente. Assim, em abril, faça uso intensivo do verde utilizando fitas, balões e adesivos, entre outros meios que a criatividade sugerir.

Além disso, faça uso de cartazes e banners específicos para lembrar a campanha, distribuindo-os em locais estratégicos da empresa. A própria organização pode produzi-los ou utilizar kits específicos disponíveis para aquisição no mercado.

 

2. Realize a SIPAT

 

A Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT) é um período no qual se desenvolvem atividades temáticas relacionadas à prevenção de doenças e acidentes do trabalho. É atividade obrigatória e constitui uma das responsabilidades da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). Como a SIPAT precisa ser realizada uma vez a cada ano, o Abril Verde é uma excelente estratégia para isso, fortalecendo a campanha. Assim, a empresa pode aproveitar os esforços para atender conjuntamente os dois eventos.

 

3. Invista em prevenção

 

O Abril Verde também pode ser uma ótima oportunidade para se iniciar o desenvolvimento de uma cultura de segurança preventiva no ambiente de trabalho. Trata-se de estimular o surgimento da conscientização dos colaboradores e dos gestores para a importância dos cuidados preventivos.

 

Dessa forma, cada setor e cada colaborador interiorizam a atenção e o olhar de cuidado e prevenção. Assim, mesmo as pequenas iniciativas terão sua aplicabilidade contra acidentes do trabalho e doenças nas atividades que são desenvolvidas, assim como no ambiente laboral.

 

4. Conte com um manual de segurança

 

A elaboração de um manual de segurança do trabalho com as regras e procedimentos previstos pela política de saúde e segurança do trabalho (SST) da empresa segue os moldes de um manual de boas práticas. A organização define seus princípios e quais os aspectos e procedimentos mais importantes a considerar, inclusive os de biossegurança.

 

O passo seguinte é a divulgação para todos os colaboradores. Capacitações e treinamentos devem ser realizados para os diferentes setores e suas características de cuidados preventivos, em razão das atividades que porventura desenvolva e de seu ambiente operacional, tudo com apoio da equipe de medicina do trabalho.

 

5. Ofereça palestras e treinamentos

 

Palestras e treinamentos devem fazer parte constante das rotinas do pessoal de saúde e segurança do trabalho. No Abril Verde, deve-se utilizar essa experiência a fim de promover apresentações, lives, encontros online e outras formas de difusão do conhecimento.

O objetivo é aumentar o conhecimento e a informação dos colaboradores em geral para ampliar a consciência da importância do tema. Além disso, é um forte instrumento para construção ou reforço da cultura de saúde e segurança do trabalho, que deve estar sempre norteando as atividades da empresa nos seus diversos setores.

 

6. Promova debates

 

Debates, de modo geral, constituem uma forma muito boa de se desenvolver ideias e discutir novos procedimentos. Fazer uso dessa ferramenta durante o Abril Verde é um caminho bastante adequado para os temas que a campanha pode englobar.

Assim, é recomendável realizar um levantamento prévio para se definirem os aspectos mais importantes na empresa relacionados à saúde, segurança e bem-estar no trabalho. Desse modo, pode-se utilizá-los como referência ou como temas para os debates.

 

7. Divulgue os riscos

 

Existe uma previsão normativa (NR 9) para a divulgação dos riscos existentes em um ambiente de trabalho ou em uma determinada atividade. Apesar disso, essa informação constitui uma boa oportunidade de sensibilização dos colaboradores para seu engajamento na campanha Abril Verde.

Um afinamento dos dados mais importantes referentes a cada atividade ou setor da empresa e seus respectivos riscos permitirá informar e orientar os colaboradores. A sensibilização a partir do conhecimento da própria realidade em que se está inserido é bem mais fácil de ser alcançada.

 

8. Invista em tecnologia

 

Durante a campanha Abril Verde, uma forma muito bem recebida e atualmente ganhando cada vez mais terreno é a gamificação. Trata-se da utilização das dinâmicas empregadas nos jogos virtuais a fim de alcançar maior engajamento e despertar a curiosidade das pessoas.

Assim, fazendo uso da tecnologia, podem-se utilizar pequenos testes, jogo dos 7 erros e outras facilidades com temas de segurança do trabalho. Todo o processo se fundamenta na atração que o ser humano apresenta por jogos.

 

9. Implante uma brigada de segurança durante o Abril Verde

 

Organize com o pessoal da CIPA local uma brigada para percorrer os diversos setores da empresa, de modo a chegar sem avisar para uma vistoria nos aspectos de segurança do local. Para as condições de conformidade, adote uma forma de reconhecimento, por exemplo, um certificado de amigo da segurança.

Por outro lado, nos casos de identificação de não conformidades, o colaborador recebe uma cartilha de procedimentos de segurança ou é convidado a participar de uma palestra ou evento similar da campanha. Um aspecto muito bom e prático para ser avaliado nessas vistorias é o uso de EPI pelos colaboradores.

Como se viu, a implementação do Abril Verde na empresa nos apresenta diversos caminhos que podem ser trilhados, mas que precisam capturar a atenção e o engajamento dos colaboradores da empresa. Sensibilizar para os riscos existentes é essencial para que haja mobilização e participação de todos.

Se você gostou deste post, que tal conhecer agora mesmo o DDS e sua importância na segurança do trabalho? Acesse e confira!

 

Por: 

Gerente Técnica BeeCorp